Conta do auxílio emergencial chega ao servidor público

É o servidor público federal quem vai pagar a conta (involuntária) da concessão auxílio emergencial com regras mais amplas, segundo a Folha de São Paulo.

A era Bolsonaro quer congelar o salário deles por 3 anos.

Leia-se sobre o servidor público: aquele que está com salário nestas condições há anos, no Executivo.

O alto escalão do Judiciário e Legislativo fica de fora do sacrifício.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!