BLOG

Após ‘prensa’ e falsa ordem de prisão, PMs de Alagoas somem com Jonas

Abordagem da polícia militar na Grota do Cigano, em Maceió, na última sexta-feira terminou com o desaparecimento de Jonas Seixas da Silva, 32.

Segundo a esposa de Jonas, Angélica Maria da Silva, 31, ele foi abordado quando descia na Grota, onde ele e Angélica moram com um casal de filhos.

Os policiais procuravam Jonas. Instantes antes desta abordagem, os policiais invadiram a casa de Angelica, às 16 horas. Ela havia voltado há pouco do trabalho. Sem ordem judicial, os militares diziam ter ordens para prender Jonas. Depois de mexer no guarda-roupa do casal e espalhar as roupas pelo quarto, os policiais foram embora e encontraram Jonas descendo a grota.

Ali, os militares jogaram spray de pimenta nos olhos dele e puseram na viatura. Angelica foi chamada às pressas. “Ele estava na mala gritando muito, com dor e batia na viatura para sair. ‘Tô passando mal, meus olhos ardem muito’, dizia. Ele pedia água e eles mandavam ele calar a boca”, descreve.

Os militares não permitiram que Angélica acompanhasse o marido na viatura. Diziam que ele seria levado para a delegacia. “Cheguei na delegacia e a viatura não apareceu. Fui a outras delegacias. Nada”. E não apareceu mais.

Dois dos 3 policiais que invadiram a casa de Angélica foram reconhecidos por moradores: o tenente Lima e outro chamado Walace. A família e os amigos fizeram um protesto neste sábado e o tenente Lima foi ao local: ‘Ah, eu me lembro desse caso: a gente deu uma prensa nele e soltou em Cruz das Almas, ao lado de um restaurante”, disse o tenente, na versão de Angélica.

A esposa de Jonas crê que está informação não é verdadeira porque o marido teria ligado para amigos e voltaria para casa. Nada disso aconteceu.

As buscas por Jonas incluíram IML e hospitais. Nenhuma pista.

2 respostas

  1. Elles esse policiais ja sao acustumads atortura atira em meio a moradores e criancas eles devem da conta dobraaz isso nao ode aconteser nao vivemos uma ditadura se aconteseu cim ele ebquem sera o proximo

  2. Tenente Lima, Wallace e A sapatao, eles atiram torturam e matam praticamente todos os dias aqui na grota do cigano e com a candidatura de Alfredo Gaspar de Mendonça isso irar piorar ainda mais pois ele da carta branca a PM! raptaram mais dois jovens na grota do cigano, as pessoas tem que fazer um abaixo assinado algo do tipo, eles agem com truculência com pais de família mães de família entrando em suas resistências e roubando seus pertences todo mundo da comunidade cigano pra eles são bandido e afavor de bandido ….. Terça 02/12/2020 as 21:49…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR