Técnicos forenses suspendem horas-extras e IMLs de Alagoas podem colapsar

Técnicos forenses dos IMLs de Maceió e Arapiraca suspendem no próximo dia 14 as horas extras nos dois institutos. Segundo eles, o Governo não repassa os pagamentos desde janeiro, apesar de um acordo formalizado o ano passado.

Pelo acordo, os técnicos forenses receberiam horas extras até o governo fazer concurso público ou convocar a reserva técnica do último concurso, o quê, segundo eles, não aconteceu.

Em janeiro de 2018, 47 corpos ficaram acumulados nas pedras dos dois institutos. Isso porque os técnicos alegavam sobrecarga de trabalho. A solução encontrada foi o pagamento de horas extras até a realização de concurso.

O blog teve acesso a ofícios encaminhados à Secretária de Segurança Pública. Chama a atitude do governo de “descaso”.

O Governo ainda não se pronunciou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *