Marido matou esposa grávida, por seguro de vida

Autoridades dizem que Hakan Aysal, de 40 anos, matou a esposa que estava grávida de 7 meses, ao jogá-la de um penhasco. Serma Aysal estava com 32 anos, em 2018, ano da morte.

Ele foi preso. Segundo as investigações, ele tinha feito um seguro de vida (hoje estimado em R$ 265,6 mil) em que ele era o único beneficiado.

O casal estava passando férias em Butterfly Valley, na cidade de Mugla, na Turquia.

As investigações ainda não foram concluídas. Hakan nega e diz que a esposa caiu do precipício. Segundo a família de Serma, ele não demonstrou sofrimento na morte da mulher e tinha 3 empréstimos no nome dela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *