BLOG

Desafio de Fábio Guedes na Educação é encerrar lei do chicote contra professores

Fábio Guedes assume a Secretaria Estadual de Educação com o imediato desafio de encerrar o passado do chicote da SEDUC, transformando escolas em pelourinhos, com professores e diretores sendo ameaçados ou pressionados por resultados positivos nos índices de educação.

Quase sempre, na maioria das periferias brasileiras, existem apenas dois representantes do Estado: o professor e o policial.

É justo exigir de professores tarefas para além das suas forças, ainda mais em uma pandemia quando o esgotamento físico e mental adoece profissionais quase nunca reconhecidos pelos governos?

Claro que não.

Sensível às causas sociais, com ótimo trânsito na universidade, referência nacional entre pesquisadores na economia, Fábio Guedes tem muito a fazer.

E como ele assume a SEDUC num momento de crise- a briga entre o governador e seu vice, que antes indicava os cargos na secretaria- maior ainda é sua tarefa.

Que ele avance nas pautas da secretaria (onde está a expansão das escolas em tempo integral?) e empurre a pasta para o século 21.

A era dos sádicos da SEDUC precisa chegar ao fim.

Uma resposta

  1. Para isso acontecer é preciso que muita gente que anda com o chicote na mão em determinadas superintendências da Seduc, perca esse poder de chicotear.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR