BLOG

Alagoas, Orgulho Gay: Delegacia para investigar crimes contra LGBTs não sai do papel

Sancionada pelo governador Renan Filho (MDB) em 24 de dezembro do ano passado, a Delegacia Especial dos Crimes contra Vulneráveis da Capital ainda não é realidade em Alagoas.

Entre os crimes que esta delegacia deverá investigar, estão os cometidos contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros, além de idosos, pessoas de religiões de matriz africana, negros, ciganos, índios.

A lei deveria entra em vigor em 30 dias. A delegacia deveria funcionar 24h por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O projeto de lei foi formulado em julho do ano passado pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), junto ao Ministério Público e a Defensoria Pública do Estado de Alagoas e a sociedade civil.

Nesta segunda, é dia do Orgulho Gay, uma data internacional. Para celebrar, o governador vestiu uma meia, em homenagem à diversidade.

“Hoje é dia do orgulho LGBTQIA+ 🏳️‍🌈. Para homenagear e demonstrar meu respeito calcei minhas meias da diversidade. Um mundo justo, diverso, generoso e mais igual é o que desejo para todos nós. Estamos juntos! Vamos à luta!!!”, disse Renan Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR