Vereadores prestigiam lançamento do cartão Bolsa Escola Municipal (BEM)

Da assessoria

A maior ação social da Prefeitura de Maceió para a educação, o cartão Bolsa Escola Municipal (BEM), foi lançada e prestigiada por quase toda a mesa diretora da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (14). O evento foi realizado na Escola Municipal Kátia Pimentel Assunção, no bairro do Jacintinho.

A convite do prefeito JHC (PSB), o presidente Galba Netto (MDB) e o 1° secretário Marcelo Palmeira, integraram a mesa de honra, juntamente com o secretário municipal de Educação, Elder Lima. O cartão do BEM vai injetar este mês pouco mais de R$ 4 milhões de reais na economia local com o repasse de R$ 70 e R$ 100, por estudade. O valor pode chegar ao máximo de R$ 300 por família com filhos matriculados na rede municipal.

O projeto que criou o Cartão do BEM foi apresentado pelo líder do prefeito na Casa e 2° secretário, vereador Siderlane Mendonça (PSB) e contou com a relatoria especial do vereador João Catunda (PSD), ambos também compareceram ao evento. No dia da sua apreciação em plenário, o próprio secretário, Elder Lima, compareceu ao parlamento.

Esse fato foi destacado pelo presidente Galba Netto em seu pronunciamento. Conforme lembrou, o compromisso da Casa com a educação municipal é algo que merece destaque sempre. “Faço aqui um testemunho que o secretário Elder demonstrou muito entusiasmo com o que este benefício representaria para as famílias. Compareceu a sessão ordinária e fez a apresentação sem titubear com muito conteúdo que trouxe segurança para nós vereadores aprovarmos um projeto tão importante”, destacou Galba.

O vereador e 1° secretário Marcelo Palmeira destacou a importância social da proposta que vai beneficiar 53 mil famílias de baixa renda. “Estamos lá ao lado do presidente Galba e dos demais vereadores para tramitar os projetos importantes para a sociedade. Precisamos falar da coragem do prefeito em implementar um projeto como esse num momento de pandemia”, enfatizou Palmeira.

Segundo lembrou o prefeito JHC, o Cartão do BEM chega como proposta de complemento de renda em um momento de muita dificuldade para milhares de famílias. Ao mesmo tempo tem uma outra missão que é garantir que elas permaneçam com seus filhos matriculados na rede. “Um outro aspecto é o da economia, porque quando receberem esse dinheiro agora naa próximas quinta e sexta-feira, as famílias estarão consumido produtos alimentícios aqui do entorno, de modo que ajuda também o comércio local”, observou JHC.

Os demais vereadores que estiveram presentes ao evento foram a 2° vice-presidente vereadora Gaby Ronalsa (DEM), vereador Cléber Costa (PSB), Aldo Loureiro (Progressistas) e Cal Moreira (PSC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *