BLOG

Tropas do Centrão marcham sobre o Banco do Brasil

O Centrão avançam seus pelotões marcham para cima de duas vice-presidências (ao todo são sete) do Banco do Brasil.

Segundo Josias de Souza, a mais cobiçada é a que cuida do agronegócio.

Fiel a Jair Bolsonaro, a bancada ruralista defende os interesses dos maiores proprietários de terras do país. Arthur Lira, que chefia o Centrão, é criador de gado.

O passe do Centrão ficou mais caro à medida que Lula retorna mais e mais ao cenário político, agregando parte das esquerdas e com possibilidade de atrair o próprio Centrão.

Lira, para evitar que o PL migrasse para o lado de Lula, atuou para Flávia Arruda, deputada federal de primeiro mandato e do partido, assumisse a Secretaria de Governo, na prática a ponte entre o Executivo e a turma dos negócios do Legislativo.

Mas existem as exigências das outras legendas do Centrão e ministérios entrando no jogo.

E Bolsonaro, para se manter onde está, vai abrindo os espaços na administração. Arthur Lira tem mais de 70 pedidos de impeachment contra o presidente na gaveta, além de ampla capilaridade no Congresso, bancada ainda mais fiel após reajuste de 170% no limite do reembolso para despesas médicas dos parlamentares.

Jogo sendo jogado.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR