BLOG

Sexismo de Robinho revela um negro de alma branca, de dono de engenho

As mulheres na Casa Grande serviam para extravasar a sanha do sexo tanto dos senhores quanto dos seus filhos ou filhas.

Estupradas, seviciadas, humilhadas e muitas vezes engravidadas, se eram brancas ficavam sob a tutela dos senhores. Se negras, poderiam ser expulsas.

Negro, Robinho disse, em mensagem captada por interceptação telefônica, após estuprar uma albanesa na Itália: “Estou rindo e nem aí, porque ela estava bêbada”.

Desde a colônia as mulheres serviam para serem estupradas pelos seus maridos.

Interessante como um rapaz negro, de origem preta, reproduza com tanto afinco o sexismo pela mulher. E ainda cita mulher, filhos, “família” na defesa do seu horror, como se todos devem ser advogados do seu barbarismo.

Em tempo: o Santos suspendeu o contrato com Robinho, por pressão do patrocinadores.

Robinho porém segue sendo ele mesmo. Um negro de alma branca, de dono de engenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR