Matriz de Camaragibe funda Pérolas Negras; veja como funciona

A cidade de Matriz de Camaragibe (Alagoas) passa a contar com o grupo de mulheres Pérolas Negras.

Objetivo é realizar encontros presenciais para promover a Consciência Negra Afrodiaspórica e Decolonial na perspectiva da construção de uma sociedade antirracista, antissexista, antilesbofóbia, antihomofóbica, anti-transfóbica, anticapitalista.

Além do empoderamento de mulheres negras, estimular auto-aceitação de si, construindo novas narrativas.
O grupo é constituído por psicólogas, pedagogas, assistentes sociais, professoras de diversas áreas do conhecimento, domésticas, técnicas de enfermagem, profissionais de beleza, promotoras de vendas etc.

A semente do grupo foi plantada na noite de quinta-feira, 28 de janeiro. A professora Maria Alice dos Santos é co-fundadora e militante do movimento feminista negro.

2 respostas

  1. Estou encantada com essa iniciativa. Parabéns Maria Alice e equipe. Com certeza será um projeto de sucesso. A mulher preta necessita dessa organização para melhor se posicionar nessa sociedade tão perversa com a diversidade. Avante!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *