BLOG

JHC apresenta até dia 10 plano de R$ 2,5 milhões/mês para empresas de ônibus

Técnicos da Prefeitura de Maceió apresentam até 10 de maio os detalhes do plano que injeta R$ 2,5 milhões por mês nas empresas de ônibus, também subsidiando a gratuidade dos estudantes – prometida pelo hoje prefeito JHC quando era candidato.

Estes são os cálculos:

  • R$ 1 milhão mensal (que já é injetado nas empresas) vem através de ISS, em subsídio cruzado;
  • R$ 1,5 milhão restante é chamado de “dinheiro novo”.

Só que as planilhas das empresas mostram cálculos diferentes: o custo da retirada de R$ 0,30 do valor da passagem, implementado pelo prefeito, custa R$ 1,2 milhão por mês para as empresas. Sobra, portanto, R$ 300 mil em “dinheiro novo”.

De qualquer forma, a proposta agrada às empresas, mas, até agora, os donos dos ônibus não viram a cor do dinheiro.

E eles pressionam cobradores e motoristas de ônibus. Em 5 de maio completam-se três meses de atraso no pagamento do plano de saúde e dos tickets alimentação dos trabalhadores.

No próximo dia 27 de abril haverá nova reunião entre os técnicos da Prefeitura e Ministério Público do Trabalho. A expectativa é que o Executivo apresente a proposta financeira.

Mas, há dois problemas neste caminho.

O prefeito JHC ainda não apresentou à Câmara o projeto de gratuidade dos estudantes. E mesmo que ele existisse e fosse aprovado teria dificuldades para ser executado porque o orçamento deste ano ainda não foi aprovado.

Jota mantem silêncio em suas redes sociais a respeito das tratativas entre empresários e trabalhadores do setor de transportes.

O entendimento interno é que o prefeito deve manter distância do assunto, ao menos nas redes sociais, evitando críticas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR