Em 2021: Weintraub ameaça fechar cursos, campi universitários e não aplicar Enem

Um dia após os jornais mostrarem Abraham Weintraub, ministro da Educação, saindo nos braços de apoiadores da Polícia Federal, após depoimento sobre inquérito que apura crime de racismo do ministro contra os chineses, aparece ofício dele, encaminhado ao Ministério da Economia, ameaçando suspender o Enem em 2021 e também fechar cursos e campi universitários, além de deixar de pagar bolsas de pesquisa.

A denúncia é do Estadão.

Motivo alegado por ele: corte orçamentário de R$ 4,2 bilhões da pasta previsto para o próximo ano.

Fechar cursos universitários é ameaça antiga, mas por motivo diferente: Jair Bolsonaro é contestado em cursos de Humanas e Ciências Sociais, daí a defesa explícita dele pelo fim destes cursos. Além do MEC ter, ano passado, contingenciado o orçamento das universidades, medida tratada por estas instituições como retaliação 

 

Deixe uma resposta