Ainda sem data, TJ de AL monta estratégia para retorno gradual às atividades

O Tribunal de Justiça de Alagoas montou cronograma para o retorno gradual às atividades presenciais. Não dá data para que isso aconteça, mas a retomada depende, além das questões sanitárias, da produtividade de uma vara (se for considerada baixa).

“A retomada do trabalho presencial poderá ser determinada a qualquer momento ao magistrado, servidor, terceirizado ou estagiário que exercer remotamente suas funções, especialmente no caso de baixa produtividade e de comprovação de ausência de risco sanitário”, diz o TJ.

Varas e servidores estão operando por teletrabalho ou seja remotamente.

Deixe uma resposta