Agência federal americana: cloroquina tem pouca probabilidade de ser eficaz contra COVID-19

A agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos (FDA, sigla em inglês) disse que a cloroquina e a hidroxicloroquina “têm pouca probabilidade de serem eficazes no tratamento da COVID-19 para os usos autorizados nos EUA”, afirmaram as autoridades americanas, segundo o blog do Jamil Chade.

“Além disso, à luz de eventos cardíacos graves em andamento e outros potenciais efeitos colaterais graves, os benefícios conhecidos e potenciais da cloroquina e da hidroxicloroquina já não compensam os riscos conhecidos e potenciais para o uso autorizado”, indicaram.

Os Estados Unidos doaram 2 milhões de doses ao Brasil. Nesta segunda-feira, revogaram a autorização dos medicamentos no país.

 

Deixe uma resposta