Trabalhadores mais pobres são os que perdem mais na pandemia

Como se previa, são os trabalhadores mais pobres quem sentem mais os efeitos da pandemia.

Pelos dados do Caged, em 2020, foram 1,145 milhão de vagas fechadas ao todo.

Mais da metade foi para os que recebiam entre 1 e 1,5 salário mínimo. Ou 635,1 mil postos de trabalho.

Essa faixa liderou o saldo de vagas criadas em 2018 e 2019.

Na faixa entre 1,51 e 2 salários mínimos, foram 229,3 mil postos de trabalho fechados.

A única faixa salarial com saldo positivo de vagas neste ano foi a de até meio salário mínimo: 24,2 mil vagas criadas, segundo o G1.

Deixe uma resposta