SOBOPE realiza a XVII edição do Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica

Da assessoria

Evento acontece entre os dias 7 e 10 de abril, com a presença de palestrantes nacionais e internacionais

Entre os dias 7 e 10 de abril acontece o XVII Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica. Em função da pandemia mundial do COVID-19, a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), desenvolveu o evento de forma totalmente online, com mesas redondas e debates para promover a interação entre os palestrantes e congressistas.

Com a presença de palestrantes nacionais e internacionais – como a pediatra, hematologista e especialista em linfoma de Hodgkin, Catherine Bollard – atuantes na área de Oncologia Pediátrica, Cirurgia Pediátrica, Patologia, Radiologia, Hematologia, equipe multidisciplinar, enfermagem, e políticas públicas, o evento contará com mesas redondas que abordam assuntos como: o que há de novo no tratamento dos tumores recidivados e refratários; avanços no tratamento da LLA PH+ pediátrica; fisiopatologia da SMD e papel do Estroma Medular; o futuro do tratamento da LMA infantil; e indicações transfusionais em pacientes oncológicos e transplantados.

“O evento continua focado no intuito de agregar e atrair profissionais de diversas áreas para que, juntos, possamos melhorar as condições de diagnóstico, tratamento e cura das crianças e adolescentes no Brasil”, afirma o Dr. Cláudio Galvão, presidente da SOBOPE. O porta-voz ainda faz uma revelação sobre a edição do ano que vem: “Em 2022, o Congresso será presencial e realizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul”.

As inscrições para o XVII Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica já estão abertas e podem ser efetuadas pelo site do evento.

Sobre a SOBOPE

Fundada em 1981, a SOBOPE tem como objetivo disseminar o conhecimento referente ao câncer infanto-juvenil e seu tratamento para todas as regiões do país e uniformizar métodos de diagnóstico e tratamento. Atua no desenvolvimento e divulgação de protocolos terapêuticos e na representação dos oncologistas pediátricos brasileiros junto aos órgãos governamentais. Promove o ensino da oncologia pediátrica, visando à divulgação e troca de conhecimento científico da área em âmbito multiprofissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *