Renan Filho depende das estratégias generalescas de Pazuello

O governador Renan Filho depende do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que promete encaminhar até 25 milhões de doses de vacinas até o final de março pelo país.

Só que estes números vêm se alterando, gradativamente. E para menos.

No dia 4, a previsão era de 38 milhões de doses.

Dois dias depois, caiu para 30 milhões.

E no dia 8, entre 25 e 28 milhões.

Segundo o governador, com essa quantidade prevista de imunizantes (ele trabalha com 25 milhões, menos ainda que a estratégia do generalíssimo), o Estado pretende distribuir aos municípios alagoanos as vacinas necessárias para imunizar todas as pessoas a partir dos 65 anos de idade até 31 de março.

Se for menos, tudo muda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *