Reitor bolsonarista determina retorno de servidores ao trabalho, em universidade

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) terá, de volta ao trabalho presencial, seus servidores, de forma gradual.

Continuam no trabalho remoto os técnicos administrativos que apresentem condições ou fatores de risco ao trabalho presencial e outras condições previstas na portaria: idade igual ou superior a 60 anos de idade, portadores de cardiopatias graves ou pneumonias graves, doenças renais e hematológicas, gestantes, entre outras comorbidades conhecidas.

Segundo a instituição, as unidades deverão organizar suas rotinas e espaços físicos para que as atividades técnico-administrativas estejam em pleno funcionamento até o próximo dia 28 de fevereiro.

O reitor da universidade é Valdiney Veloso Gouveia que ficou em terceiro lugar nas eleições da UFPB e terminou nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Houve reação na universidade. Estudantes chegaram a se acorrentar no gabinete do reitor para impedir a posse. A justiça deu ganho de causa ao nomeado por Bolsonaro.

As informações são do G1 e Brasil de Fato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!