Quanto tempo leva para uma pessoa se tornar dependente químico?

A dependência química é uma doença crônica, progressiva e que necessita de tratamento em uma clínica de reabilitação em Distrito Federal.

Por se tratar de uma doença que traz inúmeros prejuízos para a vida do usuário de substâncias químicas e para todos ao seu redor, a dependência química acompanha muitas dúvidas e angústias.

Dentre as principais dúvidas, muitas pessoas se questionam sobre o processo em que uma pessoa se torna dependente químico e quanto tempo isso leva. Entenda o que é dependência química, quais as fases da dependência química e quanto tempo leva para alguém se tornar dependente:

O que é dependência química?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) configura a dependência química, como uma doença crônica e progressiva, caracterizada pelo uso sem controle de substâncias psicoativas, responsáveis por causar mudanças na saúde mental do usuário.

O dependente químico não possui controle sobre o uso das drogas, ou seja, ele não consegue interromper o uso ou controlar a quantidade. Com o passar do tempo, ele substitui as atividades profissionais e sociais pelo uso das drogas, de forma que elas começam a impactar sobre a vida em todas as esferas.

Mediante a isso, em grande maioria dos casos, o tratamento de recuperação exige a internação em uma clínica de reabilitação em Mato Grosso do Sul.

As fases da dependência química

A dependência química pode ser dividida em três fases, a primeira fase é caracterizada pela socialização com o uso das drogas, nesse momento o usuário passa a utilizar sempre em festas, grupos e confraternizações, neste momento, as quantidades de drogas começam a ser cada vez maiores.

Na segunda fase, o usuário necessita cada vez de mais drogas para se satisfazer, é nessa fase que surgem muitos sintomas confusos, como a negação, hostilidade, remorso, culpa e minimização. Surgem também os primeiros sinais da abstinência, com tremores e taquicardia.

Na terceira fase, é o momento em que o dependente passa a ter a necessidade de consumo das drogas, alucinações e delírios acontecem, o uso que antes era social, passa a ser diário, e mais importante do que emprego, família, amigos e qualquer outra coisa.

É na terceira fase, em que começam a acontecer perdas da saúde física e mental, e muitos casos é necessário procurar por uma clínica de recuperação em Distrito Federal.

O tempo para se tornar dependente químico

O tempo é algo relativo, e depende do organismo e das condições genéticas de cada pessoa, no geral, o processo até se tornar dependente químico ocorre de acordo com as três fases descritas acima, no entanto, tudo depende do tipo de droga, da propensão genética para se tornar dependente e da idade em que o uso de drogas começou.

Para garantir a eficiência do tratamento, é importante procurar uma clínica de recuperação em Rio Grande do Norte quando os primeiros sinais de dependência química forem notados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *