PE: Suspeito de covid-19 morre em carro de mão, no meio da rua e sem socorro

Natanael Roseno de Oliveira, 60 anos, apresentava tosse, vômito e falta de ar. Segundo sua ex-esposa, não queria ser internado. Na quinta-feira (23), ele foi encontrado debilitado, no chão de casa. Socorrido por populares e posto em um carro de mão, foi levado para o meio da avenida Presidente Kennedy, no bairro de Peixinhos, em Olinda.

+ SC: PM procura homem que fugiu após teste positivo para covid-19

+ Maceió: Covid-19 mata subtenente da PM aos 55 anos

Ali encontraria uma ambulância do SAMU para levá-lo ao hospital. Não aguentou e morreu no local. Populares fizeram um protesto cobrando melhores condições de atendimento aos mais pobres.

Seu Natanael não vive mais.

8 respostas

    1. Na verdade ausência do Estado em difundir informações aos mais pobres sobre os sintomas e irresponsabilidade do governo Bolsonaro rompendo o isolamento. Desespero do pobre indo ao trabalho sem o mínimo de proteção …

  1. Os mais carentes, serão vítima, dessa pandemia, e o min acha, que neo deve investir em respiradores, Gente o SUS, precisa de cuidados. Viva o SUS!

  2. Muito triste esta estória!O SUS nâo tem culpa na demora com que procuraram atendimento!Falta de informação,negligĕncia ou só mais uma caso,entre milhares depessoas carentes que sofrem descaso total!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!