Para Bolsonaro, Noblat e Aroeira são perigosíssimos ao Brasil; criminosos que atacaram STF merecem unção?

O jornalista Ricardo Noblat e o chargista Aroeira são muito mais perigosos ao Brasil que lideranças da extrema direita bolsonarista que atentam contra o STF ou ameaçam ministro do Supremo.

Os critérios de avaliação? São de Jair Bolsonaro.

O ministro da Justiça, André Mendonça, a pedido de Bolsonaro, pediu à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal “para investigar publicação reproduzida no Twitter Blog do Noblat, com alusão da suástica nazista ao presidente Jair Bolsonaro”, segundo Mendonça disse em mensagem no Twitter.

 

Noblat e Aroeira não são bolsonaristas. E Bolsonaro quer enquadrá-los na Lei da Segurança Nacional. Serão praticamente tratados como terroristas.

Nestes critérios, não são terroristas (mas bolsonaristas) os que atacaram o STF com fogos de artifício, mandando recados à Corte e ameaças a ministros.

Estes merecem unção?

Parece que sim, no imaginário do inquilino do Palácio do Planalto.

 

Deixe uma resposta