Pandemia: Hospitais de Alagoas já registram superlotação em UTIs; Governo flexibiliza isolamento

Renan Filho inaugura hospital Metropolitano em 15 de maio; unidade estava quase sem leitos vagos na UTI

Levantamento da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas revela que dois hospitais em Maceió- a Santa Casa e o Hélvio Auto- já registram superlotação nas UTIs. Os números são desta terça até às dez da manhã.

Em outros 3 (2 em Maceió e 1 em São Miguel dos Campos) não havia mais leitos nas UTIs porque todas estavam ocupadas.

Outros hospitais estavam à beira de lotar todos os seus leitos de UTI, faltando 1, 2 ou 3 vagas para isso acontecer.

Na Santa Casa de Maceió, a ocupação estava em 105%; no Hélvio Auto, também na capital alagoana, 300%.

No Hospital da Mulher (Maceió), não há mais espaço na UTI pediátrica. Todos os leitos estão ocupados. Nas UTIs dos hospitais Vida (Maceió) e Santa Casa de São Miguel dos Campos também não registram mais leitos. Todos da UTI estão ocupados.

O Metropolitano (Maceió) estava com 97% dos leitos deste tipo ocupados. Tinha apenas uma vaga sobrando.

No Hospital Universitário (Maceió), faltam 3 vagas para se atingir a lotação máxima de leitos na UTI.

O Hospital Memorial Djacy Barbosa (Arapiraca) tem 1 leito vazio. 90% de ocupação.

Também em Arapiraca, o Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho tem apenas 1 leito de UTI disponível.

Na Santa Casa de Penedo, faltam 2 vagas para a UTI atingir sua capacidade máxima.

O Hospital Santa Rita, de Palmeira dos Índios, só tem 2 das 6 vagas sobrando na UTI.

O Clodolfo Rodrigues (Santana do Ipanema) tem 4 das 5 vagas ocupadas.

Nesta terça, o governador Renan Filho (MDB) e o staff do Executivo anunciou flexibilização no decreto sanitário em Maceió.

Lojas de rua de até 400 metros quadrados, salões de beleza, barbearias e templos religiosos voltam a funcionar.

Templos, salões e barbearias têm limites na ocupação de pessoal.

Ao mesmo tempo, o governador anunciou a inauguração do Hospital do Norte, em Porto Calvo, para desafogar os leitos na capital. Nesta quarta, ele visita União dos Palmares, que deve receber mais leitos contra a pandemia.

Deixe uma resposta