TJ volta a discutir nesta 3a se João Beltrão matou PM

Deputado havia sido absolvido pelo crime pelo Tribunal, mas desembargador mudou voto e julgamento foi suspenso após pedido de vistas

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Alagoas devem rediscutir seus votos e decidir nesta terça-feira se acatam recurso do Ministério Público contra decisão que absolveu o deputado estadual João Beltrão, acusado de matar o cabo da Polícia Militar, José Gonçalves da Silva Filho.

O crime ocorreu em 1996 em posto de gasolina na entrada do Benedito Bentes, parte alta de Maceió.

O julgamento deste recurso começou no dia 8 de maio, no TJ, mas foi adiado após pedido de vistas desembargador Paulo Lima.

João Beltrão foi absolvido neste crime pelo mesmo tribunal em 17 de outubro do ano passado. Mas o desembargador Fábio Bittencourt mudou seu voto em maio deste ano, pedindo a condenação parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *