Morre aos 63 o jornalista Cláudio Roberto, de Arapiraca

Morreu na noite desta segunda-feira (22) o jornalista Cláudio Roberto da Silva, de 63 anos, assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Arapiraca. Ele havia dado entrada no Hospital de Emergência do Agreste em 15 de novembro, após ser transferido de um hospital em Caruaru (Pernambuco).

Segundo nota da Câmara “no final da tarde desta segunda-feira, 22/11, o paciente apresentou piora no quadro clínico e foi levado para a Área Laranja do hospital. Apesar de todos os esforços da equipe, Cláudio Roberto veio a óbito às 22h40 com hemorragia digestiva alta, varizes de esôfago, insuficiência hepática e hipertensão portal, que é um aumento anormal da pressão sanguínea na veia porta (a veia de grande calibre que transporta o sangue do intestino ao fígado) e suas ramificações”.

Em homenagem ao jornalista, a Câmara disse que ele era profissional atuante e dedicado, “tinha como sua principal característica a aglutinação de amigos e respeito, por todos aqueles que conviviam com o mesmo, sempre prestativo aos colegas e aos meios de comunicação, deixando assim seu legado e a saudosa lembrança de alguém admirável e amigo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *