BLOG

Mácleim: Resiliência pela abnegação

Mácleim Damasceno- arranjador, compositor, produtor musical e autor de trilhas sonoras para teatro brasileiro

Tenho apreço pelo recomeço, pois entendo que assim renovam-se esperanças, revigoram-se experiências pretéritas, fortalece-se a capacidade de resiliência e a vontade em prosseguir no devir dos propósitos.

Do ponto de vista pessoal, é extremamente louvável o recomeço, porém, quando além de pessoal é coletivo, ele ganha a dimensão do que aconteceu no Teatro de Arena lotado, para a primeira apresentação do ano do projeto Jazz Panorama, em sua terceira edição, com o Clube do Jazz iniciando a temporada 2020, que, aliás, promete grandes emoções apolíneas! Tive e tenho o privilégio de acompanhar o Clube do Jazz desde o seu nascimento, de maneira bem embrionária, pelos mais diversos bares e restaurantes do aquário, lá pelos idos de 2015.

Às vezes, com mais músicos no palco do que fruidores na plateia.

Desde esse tempo, já era possível observar a resiliência em forma de abnegação do Felix Baigon, com a sua capacidade gregária, sua entrega e dedicação constantes à música, como exercício da arte pela arte e de valores estéticos e sociais.

Junto a ele e sua nobre causa, uniram-se músicos também abnegados, que agora fazem parte do alicerce de uma bela e sólida construção em solo ainda árido. Ao longo do tempo, valores individuais e instituições imprescindíveis foram sendo agregados ao projeto: Alexandre Holanda e Sheila Maluf (DITEAL), Vinícius Palmeira (FMAC) Leo Vilanova (Promosix), Ana Galganni e Bocão (Divina Home), Renata Peixoto, Marcio Brebal (Brebal Som), Edner Careca e, por fim, o grande Juan Maurer, “célula mater” do Jazz Panorama.

Parcerias e Parcerias

Há um momento onde o empirismo se avoluma e ganha contornos profissionais, pelo inexorável salto do que antes era quase diletantismo.

Portanto, parcerias precisam ser firmadas, para que o nível das exigências técnicas, pessoais e de mercado, possa ser alcançado em suas respectivas logísticas e remunerações.

Sim, seria impossível, ao Clube do Jazz, chegar aonde chegou sem parceiros/patrocinadores fiéis e que têm honrado, com absoluto respeito e compromisso ético, as expectativas dos produtores do Clube do Jazz e, em última análise, do público que recebe o que lhe é ofertado.

Porém, como infelizmente tem sido uma prática nada meritória em nossa latitude, o poder público, por meio dos seus principais órgãos fomentadores da cultura local, fica muito a desejar nesse quesito, pois é comum firmar e não honrar compromissos e prazos acordados, tripudiar, ser omisso em suas responsabilidades, e, em seu modus operandi, sub-repticiamente, minar as forças dos que não se coadunam com o que considero falta de respeito aos artistas e produtores locais.

Resiliência

Particularmente, já está na minha página de utopias, a possibilidade desse indesejável quadro público mudar e ser coisa de um passado a ser esquecido. Mas é justo, aí, que entra a resiliência em forma de abnegação! É justamente nessas circunstâncias e pelo sacrifício dos abnegados, que a roda continua a girar, pois enquanto tiver bambu, tem flauta. E foi assim que Renato Bandeira – guitarrista e compositor pernambucano de sensibilidade musical e carisma de palco que impressionam –, como convidado do Clube do Jazz, deu o pontapé inicial, com absoluto êxito, para mais uma edição e temporada do Jazz Panorama, que, apesar das dificuldades involuntárias, enverga mais não quebra e, esse ano, acontecerá mesmo que bimestralmente. Para a alegria do público fiel ao projeto, já estão pautados e devidamente convidados Sizão Machado, Marcelo Martins, Gilson Peranzeta, Adriano Giffone, o nosso querido Carlos Bala e, provavelmente, Toninho Horta.

Então, fica o convite para que no dia 30 de abril, Dia Internacional do Jazz, estejamos lá, também resilientes, para fortalecermos essa cena musical tão significativa e importante à permanência do que é bom, do que nos enleva a alma e nos faz acreditar, piamente, que a arte nos redime em tempos tão gris para os diversos segmentos artísticos desse nosso país.

No +, MÚSICABOAEMSUAVIDA!!!🎶🎶

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR