Maceió inicia sexta-feira (4) aplicação da 2ª dose da vacina Coronavac para crianças de 6 a 11 anos

Maceió inicia na próxima sexta-feira (4), a aplicação da segunda dose da vacina Coronavac para crianças de 6 a 11 anos que já completaram o intervalo de 28 dias desde a aplicação da primeira dose. A administração da vacina Coronavac para crianças teve início em Maceió no dia 4 de fevereiro e até o momento, foram aplicadas 21.905 doses do imunizante ao público infantil.

A Prefeitura de Maceió tem reforçado as ações para estimular a vacinação das crianças, público prioritário do atual momento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19.

Até o momento, foram vacinadas 40.730 crianças de 5 a 11 anos, com cobertura de 41,7% da população pediátrica preconizada para a imunização.

Vacinação pediátrica em Maceió. Foto: Victor Vercant/Ascom SMS
Vacinação pediátrica em Maceió. Foto: Victor Vercant/Ascom SMS

Onde vacinar as crianças a partir de 5 anos

  • Maceió Shopping (segunda a sábado, das 9h às 21h)
  • Terminal de Ônibus do Osman Loureiro, no Clima Bom (segunda a sábado das 9h às 16h)
  • Papódromo, no Vergel do Lago (segunda a sábado das 9h às 16h)
  • Praça Padre Cícero, no Benedito Bentes (segunda a sábado das 9h às 16h)
  • Shopping Pátio Maceió (segunda a sábado das 15h às 21h; domingo das 12h às 18h)

Onde vacinar crianças a partir de 6 anos

  • II DS – US Durval Cortez (Prado – 9h às 20)
  • II Centro de Saúde (Poço – 9h às 16h)
  • ESF Ouro Preto (9h às 16h)
  • ESF Cláudio Medeiros (Rio Novo – 9h às 16h)
  • US Paulo Leal (Feitosa – 9h às 16h)
  • US Arthur Ramos (Henrique Equelman – 9h às 16h)
  • Unidade Docente Assistencial Professor Gilberto de Macedo (Ufal – 9h às 16h)
  • US Vanderli Maria de Andrade (Riacho Doce – 9h às 16h)
Vacinação pediátrica em Maceió. Foto: Bruno Wesley
Vacinação pediátrica em Maceió. Foto: Bruno Wesley

Para vacinar o público de 5 a 11 anos, é necessário que as crianças estejam acompanhadas dos pais ou de adulto responsável. Os pais devem apresentar o próprio documento de identificação com foto, CPF e documentação da criança, que deve ser RG ou Certidão de Nascimento e Caderneta de Vacinação, CPF ou Cartão SUS.

Caso os pais não estejam presentes é necessário o preenchimento do TERMO DE ASSENTIMENTO PARA ADMINISTRAÇÃO DA VACINA COMINARTY-PFIZER PEDIÁTRICA, além da cópia do documento de identificação do pai ou mãe, o qual ficará retido no ato da vacinação. Por fim, a Caderneta de Vacinação da criança e o CPF ou Cartão SUS.

Termo de assentimento para o público infantil de 5 a 11 anos

Caso a criança não tenha CPF ou Cartão do SUS será necessário apresentação da Certidão de Nascimento. Para as crianças com comorbidades, também será necessário apresentar a prescrição médica, que ficará retida no local da vacinação.

Salvo as crianças com comorbidades, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não exigirá prescrição médica nem cadastro prévio para a vacinação de crianças que deverão estar obrigatoriamente acompanhadas pelos pais ou responsáveis e, na ausência destes, por adulto com declaração de autorização assinada pelos pais.

Confira mais informações

Descrição de comorbidades incluídas como prioritárias

Pessoas com deficiência – Plano de Vacinação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.