Lula diz que 500 mil mortos no Brasil da pandemia é ‘genocídio’

O ex-presidente Lula classificou como genocídio a marca, atingida neste sábado, de 500 mil mortos na pandemia em território brasileiro.

“500 mil mortos por uma doença que já tem vacina, em um país que já foi referência mundial em vacinação. Isso tem nome e é genocídio. Minha solidariedade ao povo brasileiro.”

Lula não participou do ato contra Bolsonaro neste sábado. Os protestos aconteceram na maioria das cidades brasileiras e alguns países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *