Fórum discute o combate à principal causa de mortes precoces no país, as doenças crônicas não-transmissíveis (DCNTs)

Evento acontece no dia 23 de outubro, pela internet, e conta com painelistas conhecidos e respeitados nacional e internacionalmente

Da assessoria

Segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) são responsáveis por mais de 74% das causas de morte no Brasil. As doenças cardiovasculares e o AVC, o diabetes, os diferentes tipos de câncer, e as doenças respiratórias crônicas são as que apresentam maior prevalência no país. Com a proposta de reunir lideranças dos setores públicos, privado e terceiro setor para o combate às DCNTs, acontece no próximo dia 23 de outubro, o 7° encontro do FórumDCNTs.

Idealizado pelo Public Health Institute (PHI) em 2016, com programas semelhantes desenvolvidos simultaneamente na África do Sul e na Índia, atualmente, o FórumDCNTs conta com mais de 100 instituições participantes. Por conta da pandemia de Covid-19, este ano o evento acontece online e tem como pilares, com direito a sessão de grupos temáticos, as seguintes doenças crônicas e fatores de risco: Câncer, Diabetes, Doença Vascular, Obesidade e Saúde Mental.

Além de identificar prioridades atuais no combate das DCNTs e ajustes necessários para o enfrentamento eficaz, o FórumDCNTs tem entre os seus principais objetivos compartilhar conhecimento, criar oportunidades e facilitar a integração e a construção de soluções conjuntas, escaláveis e sustentáveis entre os seus membros; e alinhar as prioridades com a agenda 2030, especialmente as relacionadas à meta 3.4 e ao objetivo 17 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, buscando soluções que levem em conta os compromissos, as fortalezas e os desafios do País.

A programação contém três painéis que vão discutir os seguintes temas: as perspectivas internacionais sobre as prioridades atuais das DCNTs para alcançar o ODS 3.4; a Construção da Rede Nacional de Prevenção, Rastreio e Tratamento de Câncer de Colo do Útero; e a Sustentabilidade de Programas de DCNTs com Parceria do Governo ou Iniciativa Privada. Além dos painéis, haverá a reunião dos grupos temáticos e, no fim do evento, a apresentação do rascunho da Carta Aberta de Prioridades 2020.

Entre os painelistas, nomes conhecidos e respeitados nacional e internacionalmente como Andrew Boulton, da International Diabetes Federation (IDF); Ch’uya H. Lane, Diretora de Prevenção à Obesidade no Global Health Advocacy Incubator; Kátia de Pinho Campos, do Departamento de DCNTs da Organização Mundial Saúde (OMS), em Genebra; Eduardo Marques Macário, Diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças não Transmissíveis do Ministério da Saúde; entre outros.

O FórumDCNTs tem como público alvo convidados e influenciadores dos setores envolvidos, mas poderá ser acompanhado por jornalistas interessados em saber sobre as últimas informações sobre as doenças crônicas não transmissíveis.

Fórum DCNTs

Data: 23 de outubro;

Site do evento: https://www.forumdcnts.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *