Escola de Governo retoma atividades para capacitar servidores municipais

A Escola de Governo, retomou nesta terça-feira (13), as atividades com cursos de capacitação para os servidores municipais efetivos. Com a reabertura do local, os mais de 20 mil funcionários da Prefeitura de Maceió poderão se capacitar e entregar melhores serviços para a população.

O vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, parabenizou a Secretaria de Gestão e fez um importante destaque de parcerias para a Escola.

“Que nós tenhamos uma gestão fantástica, não só no quesito administrativo, mas também na valorização dos servidores, e a escola é fundamental para que isso ocorra. Estive aqui e estava praticamente fechada ainda e hoje estamos mostrando que o governo não veio para se acomodar”, disse.

A Escola de Governo faz parte da Secretaria Municipal de Gestão e a secretária da Pasta, Rayanne Tenório, explica que as capacitações refletem diretamente no serviço público de eficiência.

“Iniciamos hoje as atividades pedagógicas, passamos esses meses organizando a casa porque chegamos aqui e encontramos a escola sem estrutura, sem planejamento, foi preciso organizar para poder retomar. A Escola de Governo é um instrumento extremamente importante, e estamos alinhados pelos preceitos da atual administração liderada pelo prefeito JHC, que une a eficiência com a responsabilidade com o dinheiro público”, explicou.

Capacitação e Valorização

Na Escola, os funcionários públicos contarão com diversos cursos, de acordo com cronograma montado pelas equipes da Secretaria de Gestão. Além de cursos para todos os servidores, haverá também cursos para áreas especificas.

O primeiro curso terá como tema “Formação Executiva e Transformação Digital”, e vai contar com 40 vagas e será totalmente online. Para se inscrever, os servidores interessados, podem realizar o cadastro no site www.capacitacao.maceio.al.gov.br, informando apenas o cadastro de servidor, matrícula e senha utilizadas para acessar o contracheque.

O secretário de Governança, Antonio Carvalho, afirmou que a Escola é uma joia da Prefeitura de Maceió, e este é um momento de conseguir fazer com que o município avance.

“A gestão JHC veio para transformar o serviço público de Maceió, prestar serviços mais efetivos e que o cidadão tenha mais confiança no governo, vendo os resultados concretos. Os cursos da Escola de Governo vão trazer para os servidores a melhor formação e para os cidadãos o melhor serviço prestado. É um novo momento, em que os servidores são centrais para a gestão e agora são reconhecidos, porque demonstra que a gente sabe que eles são uma peça-chave para a gestão”, pontuou Antonio.

De acordo com o secretário-adjunto de Gestão, Marx Palmeira, os investimentos feitos na Escola, são frutos do Fundo de Servidores de Maceió.

“Essa capacitação e valorização do servidor com responsabilidade é fruto do dinheiro do fundo dos servidores. O Fundo é composto pelos servidores, metade com percentual de quando se tira empréstimos consignados, e a outra metade das faltas, que são repassadas para a Escola, que vive exclusivamente do Fundo do Servidor”, explicou.

Em antigas gestões havia cursos, no entanto não eram divulgados para os servidores, como explica Alessandro Fernandes, vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais da Saúde.

“A Escola de Governo é uma instituição muito importante, que tem o objetivo de capacitar e valorizar os servidores. Então, acho importante o prefeito JHC iniciar esse processo e principalmente poder contar com as entidades sindicais que vão somar e que a gente vá valorizar a cada dia mais o servidor. Antes não tínhamos acesso e nem divulgação das capacitações. A gente espera que os servidores tenham acesso porque quem ganha é a sociedade, tendo um corpo de funcionários capacitados”, afirmou.

Diversas parcerias estão sendo firmadas para que haja uma gama de cursos para os servidores. Entre os parceiros está o Sebrae, que desde o início da atual gestão vem trabalhando na inovação.

O diretor do Sebrae, Vinicius Lages, expôs que em uma Prefeitura que se dispõe a transformar a cidade precisa do engajamento de todos. “Desde o início da gestão foi sinalizado que somos parceiros para o desenvolvimento. Nenhum governo poderia deixar de considerar a questão da transformação digital, como uma peça importante para o alinhamento”, disse.

Niviane Rodrigues e Sthefane Ferreira / Secom Maceió

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *