BLOG

Collor e Bolsonaro estão juntos porque política é sobrevivência

Fernando Collor chega ao Governo Jair Bolsonaro pelas mãos de Arthur Lira.

É tratado de maneira tão ou mais importante que qualquer ministro. E visto como conselheiro presidencial.

Collor busca a reeleição é verdade. Mas também quer salvar suas empresas que estão em recuperação judicial.

Há dívidas trabalhistas a serem pagas com os trabalhadores. Há dívidas em impostos.

Manter-se no Senado é garantia de que sua fortuna será ainda maior e a herança do pai, Arnon, durará mais algumas gerações.

E hoje Collor sabe quem quer atingir.

E o inimigo se chama Renan Filho. Se o governador insistir que é candidato ao Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR
error: Conteúdo protegido!