CE: PMs dizem ter matado jovem dormindo em ‘legítima defesa’

Policiais militares alegam que mataram Mizael Fernandes da Silva, de 13 anos, em legítima defesa, alegando que ele estava armado com um revólver.

A família nega e diz que o garoto estava dormindo, quando foi morto pela PM.

O caso aconteceu no Ceará, na cidade de Chorozinho. E a conclusão sobre o que ocorreu na cena do crime consta em Inquérito Policial Militar.

“Meu filho morreu dormindo, inocentemente. Inventaram que ele estava com uma arma, essa arma nunca apareceu porque não existe! Meu filho nunca pegou em uma arma de fogo, era uma criança estudiosa. Acabaram com a vida dele, com a minha e a da nossa família. Estamos sofrendo muito. Se cobrar por Justiça for custar minha vida, que venham, pois não vou deixar sujarem a vida de uma criança inocente”, afirmou Leidiane, mãe do garoto.

As informações são do UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *