BLOG

Calheiros não confiam em Marcelo Victor como governador de Alagoas em 2022

Os motivos da briga quase pessoal do senador Renan Calheiros para que o vice-governador Luciano Barbosa não saia candidato a prefeito de Arapiraca envolvem a sucessão estadual em 2022.

Renan Filho é candidato ao Senado. Como tem de renunciar seis meses antes (na regra atual) para ir à disputa, o Governo ficaria com o vice, Luciano.

E sem Luciano, o presidente da Assembleia, Marcelo Victor, vira sucessor natural.

Victor não carrega a confiança dos Calheiros. Está, além disso, mais próximo do deputado federal, Arthur Lira (PP), líder do Centrão e líder informal de Jair Bolsonaro.

Por enquanto, Barbosa perdeu: não será candidato porque o MDB interviu, sem lhe oferecer o partido.

O MDB nacional pôs no jogo Ricardo Nezinho e, como vice, Daniel Barbosa, filho de Luciano.

O jogo de forças continua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR