BRK Ambiental investirá R$ 1,54 bilhão para garantir segurança hídrica a comunidades

A universalização do acesso à água de qualidade em toda a Região Metropolitana de Maceió até 2027 é uma das principais metas da BRK Ambiental, que assumiu a concessão dos serviços de água e esgoto em dez cidades alagoanas no dia 1° de julho. Para conseguir alcançar essa realidade, que terá impacto direto na melhoria da saúde e qualidade de vida de 1,5 milhão de pessoas, a empresa realizará um robusto investimento no sistema operacional de abastecimento, atualmente com limitações na produção e distribuição da água à população.

Do total de R$ 2,6 bilhões de investimentos previstos no contrato de concessão, a empresa destinará R$ 1,54 bilhão às obras de infraestrutura e melhorias operacionais nos sistemas de abastecimento de água, o que garantirá segurança hídrica para toda a região. O montante será aplicado na construção de adutoras, redes e ligações, recuperação, modernização e ampliação dos sistemas produtores de água operados pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), além de novas estações de tratamento e elevatórias. Também serão feitos investimentos em reservatórios, unidades de captação e na implantação de um arrojado plano de redução e controle de perdas – dados oficiais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apontam que cerca de 60% da água tratada na região é perdida antes de chegar à população.

A empresa já iniciou investimentos importantes no sistema produtor de água, que contribuirão significativamente para a segurança operacional, como a ação de melhoria realizada nos 119 poços de produção da Casal em Maceió. O trabalho de limpeza e desinfecção dos poços, que está em andamento, será fundamental para elevar a qualidade da água distribuída à população e garantir a regularidade do abastecimento na capital, já que também é realizado um diagnóstico geral da situação estrutural, capacidade, alcance e eficiência de cada poço.

De acordo com o diretor operacional da BRK Ambiental em Alagoas, Herbert Dantas, para que mais melhorias sejam realizadas de forma assertiva, há um amplo trabalho de vistoria técnica em andamento, que contempla todo o sistema operacional. “Desde que iniciamos a operação, há menos de dois meses, estamos focados em identificar os gargalos presentes na infraestrutura dos serviços de água e esgoto de toda a Região Metropolitana de Maceió. É um trabalho técnico minucioso de conhecimento dos sistemas, que envolve uma série de estudos e, especificamente no caso da água, modelagens hidráulicas que antecipam, por meio de simulações digitais, diversas situações relacionadas ao abastecimento, além de análises de qualidade, testes de vazão, vistorias em poços, entre outros procedimentos fundamentais para a implementação das melhorias estruturais”, explicou.

Paralelamente a este mapeamento detalhado, as equipes da BRK trabalham 24 horas por dia em uma verdadeira força-tarefa para atender, em média, mais de mil solicitações diárias da população. O grande volume de ocorrências (foram 32,4 mil somente no primeiro mês de operação) é resultado de uma demanda reprimida, anterior à atuação da concessionária. Entre os principais atendimentos, a falta de água em algumas regiões abastecidas por manobras operacionais é recorrente, em razão de limitações na infraestrutura de produção e distribuição. Para que essas situações sejam resolvidas e a água chegue na torneira de toda a população da Região Metropolitana de Maceió sem intermitência, a empresa implantará 740km de redes e adutoras de água em até seis anos.

Mais de 300 caminhões-pipa

Para garantir o abastecimento das comunidades que ainda não dispõem de infraestrutura hidráulica adequada, a BRK tem disponibilizado caminhões-pipa diariamente para que unidades de serviços essenciais, como postos de saúde, escolas, creches e asilos, continuem funcionando. Somente nos primeiros 45 dias de operação, foram mais de 3,5 milhões de litros de água distribuídos em 305 viagens de caminhões-pipa. O volume, a maior parte destinada a comunidades de Rio Largo, Pescaria, Benedito Bentes, Ipioca e Chã da Jaqueira, é suficiente para abastecer quase 300 famílias por um período de 30 dias.

“A BRK investe mensalmente R$ 500 mil em caminhões-pipa, que ficam disponíveis todos os dias para o atendimento ao usuário. Se a interrupção do fornecimento de água é de responsabilidade da empresa, devido a uma manutenção emergencial ou programada e afete a distribuição, por exemplo, o veículo é enviado gratuitamente para abastecimento das unidades de serviços essenciais e da população, mediante solicitação pelos nossos canais de atendimento”, destaca Herbert Dantas.

A população pode solicitar o serviço pelo 0800 771 0001, que funciona 24 horas, pelo Whatsapp (11) 99988 0001 ou em uma das lojas da BRK.

Texto: Bárbara Pacheco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *