BLOG

Boca da Mata: Vereadores aprovam aumento salarial para prefeito, vice e secretários

Sete dos onze vereadores na cidade de Boca da Mata, no interior de Alagoas, aprovaram o reajuste salarial para o prefeito, o vice e os secretários.

O Sindprev da cidade emitiu nota de repúdio contra o reajuste.

 

Os servidores públicos de Boca da Mata tiveram reajuste negado este ano pelo prefeito Gustavo Feijó. Justificativa era falta de dinheiro.

Nos próximos dias, Gustavo Feijó vai assinar o reajuste que valerá para o sobrinho, Bruno, que ganhou as eleições este ano.

O prefeito ganha hoje R$ 15 mil. Seu salário passa para R$ 18 mil; o vice-prefeito, que ganha R$ 10 mil passa a receber R$ 15 mil. E um secretário, que ganha R$ 5 mil, passa para R$ 7 mil.

A maioria da população de Boca da Mata tem poucas opções de emprego. A usina de açúcar e álcool, uma das principais fontes de renda na cidade, fechou as portas. A cada cinco pessoas, uma depende exclusivamente do Bolsa Família.

“A usina fechou as portas, os servidores públicos não tiveram aumento, contratos na educação foram cortados e estamos numa pandemia. O momento não é propício”, explicou o presidente da Câmara, Valtinho (PP), que votou contra o reajuste. O vereador Deca Sampaio também disse não ao reajuste. Os vereadores Jardeane e Everaldo Costa estão em tratamento de saúde e não votaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR
error: Conteúdo protegido!