Arthur Lira é eleito presidente da Câmara dos Deputados

Da assessoria

O deputado federal Arthur Lira (Progressistas-AL) foi eleito, na noite desta segunda-feira (1°), presidente da Câmara dos Deputados no primeiro turno, com 302 votos, contra 145 do deputado Baleia Rossi (MDB-SP). O progressista, que foi apoiado por 11 partidos (PSL, PP, PL, PSD, Republicanos, PSC, Avante, Patriota, PTB, Podemos e Pros), fez um discurso em pé, pediu um momento de silêncio em memória dos brasileiros vitimados pela Covid-19 e seus familiares, e declarou que sua gestão será marcada pelo caráter coletivo. “Esta cadeira não é um trono e eu vou trabalhar com todos os membros da Mesa Diretora. Esta cadeira fica no centro e é giratória para olhar para esquerda, pro centro e pra direita, ouvindo os 512 parlamentares”.

Arthur Lira prometeu uma Câmara dos Deputados independente, com gestão transparente, com “mais ritos e menos surpresas”. “Irei propor ao novo presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), uma pauta emergencial para encaminharmos os temas urgentes. E quem vai dizer quais os temas desta pauta não serei eu, mas ‘nós'”, afirmou Lira.

 

*Alagoas*

O progressista também fez menção ao seu Estado natal em seu discurso de posse. “Venho de um Estado pequeno. Quero agradecer a Alagoas, por tudo que me ensinou”, homenageou.

 

*Mesa Diretora*

O primeiro ato do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL), foi suspender um ato do ex-presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) sobre a composição de blocos partidários na Eleição da Mesa, contestada ao longo só dia em razão de descumprimento dos prazos. O novo presidente da Câmara abriu prazo para nova inscrição dos blocos partidários e eleição dos cargos da Mesa Diretora, a partir desta terça-feira (2).

 

*Perfil*

Antes da votação, o deputado federal Arthur Lira já havia feito pronunciamento ao plenário para informar como seria sua gestão. “Vamos ter um período mais produtivo na aprovação de leis. Vamos ter mais previsibilidade, com respeito à proporcionalidade partidária. Independência, sim, mas sem acotovelamento, porque o Brasil não pode continuar assim”, anunciou.

Sobre a condução à frente da Câmara, Arthur Lira explicou que irá trabalhar com os líderes partidários. “Voltaremos com o Colégio de Líderes para decidir a pauta, que será publicada, que terá relator definido e com autonomia, sem retaliação, com relatório de conhecimento de todos, e tempo para analisar a matéria”, garantiu.

 

*Arthur Lira*

Arthur Lira tem 51 anos e é formado em Direito pela Universidade Federal de Alagoas. É deputado federal por Alagoas e está no terceiro mandato na Câmara dos Deputados. Antes havia sido vereador e deputado estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!