Após denúncia da Reuters sobre desmatamento, Ibama implanta censura a funcionários

O Brasil exportou durante o último ano milhares de carregamentos de madeira a partir de um porto na Amazônia sem autorização do Ibama, aumentando o risco de o material ter origem em terras desmatadas ilegalmente, disseram duas fontes com conhecimento direto do assunto à Reuters.

Após a publicação desta matéria da Reuters, os servidores do Ibama estão proibidos de darem entrevistas à imprensa, somente se liberados (ou não) pela assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta