BLOG

Animadores de redes sociais emperram governo JHC

Vitrine política mais importante do Estado, a Prefeitura de Maceió atravessa problemas importantes.

O maior deles é a falta de recursos para cumprir as promessas de campanha feitas pelo atual prefeito, que desconhecia o estado das finanças municipais.

Como fazem muitos gestores no início de sua administração, o prefeito JHC debitou na conta de Rui Palmeira as dificuldades financeiras do município.

Esse discurso sempre faz efeito nos primeiros dias de gestão, mas logo cansa e deixa de servir como justificativa.

Na última semana, orientado pelo seu secretário de finanças, o jovem contabilista carioca João Borges, JHC anunciou um “ajuste fiscal” com cortes de verbas e contenção de despesas.

Por outro lado, a equipe de gestão tem se mostrado inexperiente para tratar das questões importantes para a Prefeitura.

Muitos dos secretários são criticados porque se comportam mais como “animadores de redes sociais” que gestores públicos, com muitos selfies, muita autopromoção e poucos atos efetivos na solução de problemas.

Enquanto isso, o funcionalismo municipal da capital está se mobilizando, cobrando as promessas de campanha de JHC, que assinou e garantiu o cumprimento de um documento proposto pelo sindicato dos servidores garantindo melhorias salariais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR