Bolsonaro inaugura a democracia sem povo

Redes sociais serão a tribuna do presidente eleito; o futuro é incerto para aqueles que discordarão do Mito