Falar sobre suicídio é fundamental para se reduzir os casos

Da assessoria do CAVIDA Diversas  entidades hoje no Brasil e no mundo realizam um trabalho importante no combate ao suicídio. E falar sobre o tema…

Da assessoria do CAVIDA

Diversas  entidades hoje no Brasil e no mundo realizam um trabalho importante no combate ao suicídio. E falar sobre o tema ainda é um tabu não só do Brasil como também em diversos países do mundo, inclusive desenvolvidos.

Os números assustam. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil, a cada 45 minutos há um suicídio. No mundo a 40 segundos uma pessoa comete suicídio e a cada três há uma tentativa. Isso representa quase um milhão de casos por ano, em todo o mundo.

Para reduzir esses números, a OMS criou o dia 10 de setembro como o Dia de Prevenção ao Suicídio.

Os dados indicam que o suicídio é a principal causa de morte entre os jovens entre 15 a 29 anos. De acordo com os especialistas, 90% dos casos do suicídio podem ser evitados se a pessoa que apresentou algum tipo de transtorno ou doença mental procurar a ajuda de um psicólogo ou de um psiquiatra. É necessário que aos primeiros sinais procurar um especialista.

O suicídio é a sétima causa de morte entre os adolescentes entre 10 e 14 anos. O uso de álcool e drogas são o segundo fator, depois das doenças mentais, como ansiedade e depressão.

De acordo com a presidente do Centro de Amor à Vida (CAVIDA), Wilzacler Rosa Pinheiro, dar atenção e uma escuta qualificada à pessoa que está com um algum tipo de sofrimento psíquico é fundamental para que ela não venha a cometer o ato. Segundo ela, quanto mais pessoas falarem sobre o assunto, menos casos serão registrados.

Ela participou recentemente do II Congresso Brasileiros de Prevenção ao Suicídio ocorrido no período de 29 de agosto a 1º de setembro deste ano no Espírito Santo e destacou que o desafio do tema é permanente. Muitos psicólogos e psiquiatras participaram das discussões sobre a problemática, que hoje já é considerado um problema de saúde publica.

O CAVIDA é uma Organização Não governamental, sem fins lucrativos,  que tem o objetivo de oferecer estratégias de prevenção e posvenção do suicídio na cidade de Maceió.

Ele oferece atendimentos psicoterápicos gratuitos, palestras, grupos de apoio, cursos de capacitação e promoção de eventos.

Desde a fundação do CAVIDA –  dia 2 de abril de 2012 –  já foram realizados mais de 10 mil atendimentos. O trabalho já recebeu certificados de utilidade pública municipal e estadual, assim como já foi premiado pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP-15)  pelo trabalho realizado com o tema.

Todo serviço é realizado por uma equipe de 16 voluntários psicólogos e mais uma equipe menor de acolhedores, inclusive assistentes sociais. Wilzacler Rosa disse também que a ONG “vem passando diversas dificuldades financeiras e que a entidade ainda não tem uma sede própria, mas com persistência, superamos e continuamos nossa jornada”.

Atualmente o CAVIDA funciona na Rua Albino Magalhães, 107 no Farol, Maceió, Alagoas. Telefone 9.8879 2710.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *