Cesmac e Santa Casa homenageiam o patologista Antenor Teixeira Leal em novo laboratório de anatomia

O Centro Universitário Cesmac e a Santa Casa de Maceió homenagearão o médico patologista Antenor Teixeira Leal ao emprestar seu nome ao novíssimo e…

O Centro Universitário Cesmac e a Santa Casa de Maceió homenagearão o médico patologista Antenor Teixeira Leal ao emprestar seu nome ao novíssimo e moderno laboratório de anatomia da Faculdade de Medicina do Cesmac.

Trata-se de uma indicação pessoal do magnífico reitor João Sampaio, do Centro Universitário Cesmac, e do provedor Humberto Gomes de Melo, da Santa Casa de Maceió. A inauguração do laboratório será às 8h30 do dia 15 de agosto no Campus I da instituição, na Rua Cônego Machado.

O patologista-chefe da Santa Casa de Maceió Antenor Teixeira Leal é reconhecido no Brasil e no exterior por sua expertise na área de histopatologia e por sua participação em inúmeras pesquisas internacionais.

“É um justo reconhecimento à contribuição deste renomado médico à Medicina alagoana”, disse o reitor João Sampaio em reunião com o provedor Humberto Gomes de Melo para formalizar a homenagem. “É um dos quadros mais valiosos da Santa Casa de Maceió”, confirmou o provedor.

Presente ao encontro – e sem deixar de lado sua característica simplicidade, o patologista Antenor Teixeira Leal se disse “feliz e honrado com a homenagem nesta hora da vida”.

O Laboratório de Anatomia Antenor Teixeira Leal é um dos seis laboratórios de pesquisa a serem entregues neste segundo semestre de um total de 21 previstos pra implantação no complexo da Faculdade de Medicina do Cesmac.
Tais investimentos, que somam mais de R$ 2 milhões, referenciam o curso entre os demais do Nordeste e demonstram o empenho do Cesmac em manter um curso de excelência na área da saúde.

O laboratório conta com mesas digitais para ensino de anatomia, únicas entre os cursos de medicina públicos e privados do Estado. Equipamento de ponta considerado o mais moderno instrumento de trabalho desta área de ensino.

“Investimos numa mesa tridimensional que é uma das poucas existentes no País”, destacou o professor Douglas Apratto, enfatizando a preocupação da instituição em oferecer ensino de alto nível, focada na tecnologia, mas também na qualidade do seu corpo docente, todo constituído de mestres e doutores e com incentivos à qualificação permanente nas mais diversas especialidades.

O programa de internato da primeira turma terá início em dois anos, em convênio com a Santa Casa de Maceió para a realização do estágio do último ano do curso.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta