Santa Casa de Maceió e Albert Einstein iniciam pós-graduação em cuidados paliativos

A Santa Casa de Maceió e o Hospital Albert Einstein promovem na capital alagoana o Curso de Pós-Graduação em Cuidados Paliativos. A cerimônia de…

A Santa Casa de Maceió e o Hospital Albert Einstein promovem na capital alagoana o Curso de Pós-Graduação em Cuidados Paliativos. A cerimônia de abertura e a aula inaugural ocorreram no centro de convenções do Hotel Jatiúca reunindo lideranças dos dois hospitais e os 35 participantes inscritos.

Presentes na mesa de honra o provedor da Santa Casa de Maceió Humberto Gomes de Melo; Olga Guilhermina Dias Farah, gerente de Ensino do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein; o oncologista Marcos Davi Melo, coordenador médico do Serviço de Radioterapia; e Jane de Holanda Falcão, representando a Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Articulando o evento, a cardiologista Maria Alayde Rivera, gerente de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Maceió. Ao iniciar o evento, ela fez uma rápida apresentação sobre os projetos e iniciativas sob sua responsabilidade.

Na lista de atribuições destaque para o Programa de Residência Médica, o Programa de Estágio Curricular e Extra-curricular, o internato do Curso de Medicina do Cesmac, as diversas atividades de extensão e pesquisa, campanhas de conscientização junto à comunidade, eventos científicos nas mais diversas especialidades, além da qualificação técnica de profissionais e também, mais recentemente, dos mais de 2.845 colaboradores.

Ao abrir a solenidade, o provedor Humberto Gomes de Melo fez questão de elogiar o trabalho realizado por Alayde Rivera. “É um exemplo para todos nós”, disse Humberto Gomes de Melo, referindo-se ao empenho e à capacidade de realizar com sucesso as diversas atividades atribuídas à Gerência de Ensino.

Saudou também os 35 participantes do curso, destacando a troca de experiência entre participantes e facilitadores das duas renomadas instituições. “Ao retornarem as suas atividades espero que compartilhem o que aprenderem aqui”, comentou Humberto Gomes de Melo, lembrando do orgulho de “sermos uma das quatro Santa Casas do país Acreditada com Excelência pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e única no País certificada com a Acreditação Internacional”.

Já Olga Guilhermina, do Albert Einstein, revelou que a Santa Casa de Maceió é um hospital diferente dos milhares que existem no País por causa das pessoas, dos profissionais que trabalham na instituição. “Vocês fazem a diferença. A Santa Casa de Maceió é de fato um ‘case’ a ser seguido”, elogiou. Ela ressaltou ainda que o hospital alagoano foi um dos primeiros a firmar parceria em torno do programa de pós-graduação “in company” do Albert Einstein. Na modalidade “in company” os facilitadores realizam o curso na instituição onde os participantes atuam.

Participam do curso 13 médicos, oito enfermeiras, seis psicólogos, três fisioterapeutas, dois terapeutas ocupacionais, dois fonoaudiólogos e uma nutricionista.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta