Vereadores aprovam sessão no Pinheiro para discutir tremor de terra e rachaduras em casas

Diminuir a distância entre os moradores e órgãos do estado e de Maceió responsáveis por dar uma resposta e solução ao problema. Esse é…

Diminuir a distância entre os moradores e órgãos do estado e de Maceió responsáveis por dar uma resposta e solução ao problema. Esse é um dos objetivos da audiência pública itinerante no Conjunto Divaldo Suruagy, aprovada na sessão ordinária dessa terça-feira, 10, que volta a discutir as rachaduras e fissuras que atingiram prédios e casas no bairro do Pinheiro. A data para ida dos parlamentares a localidade ainda vai ser definida.

A iniciativa é do vereador Silvanio Barbosa e subscrita pelo presidente da Casa, Kelmann Vieira (PSDB); a vice Silvania Barbosa (PRB); Francisco Sales (PPL); José Márcio Filho (PSDB); Antônio Hollanda (PMDB); Tereza Nelma (PSDB); Samyr Malta (PTC) e Eduardo Canuto (PSDB). Além da Câmara, serão convidados órgãos como Infraestrutura, Meio Ambiente, Defesa Civil, do estado e município, e Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea).

Esta será a segunda audiência sobre o tema que a Câmara Municipal de Maceió realiza. Em março deste ano, o assunto foi discutido na Casa por inciativa de Sílvio Camelo (PV). Para Silvânio Barbosa, os moradores do bairro do Pinheiro, que estiveram na Câmara na última quinta-feira (5), para cobrar medidas e apoio do Legislativo municipal, não podem mais esperar sem que haja ao menos uma resposta adequada às suas reivindicações.

“A situação é de extrema preocupação porque há muitas famílias fora de seus apartamentos e casas há mais de dois meses e sem uma resposta por parte do poder público municipal e estadual. Desta forma, apresentei esse requerimento, subscrito por oito colegas parlamentares, para realizarmos a audiência no Conjunto Divaldo Suruagy. Um dos objetivos é fazer com que os órgãos responsáveis deem uma resposta aos moradores e aos vereadores. Não podemos deixar a situação como está porque, uma hora ou outra, aquelas rachaduras e fissuras vão aumentar, e o que será feito, que providência estão tomando ou vão tomar”, declarou Silvânio Barbosa.

NOVA COMENDA – Ainda não ordem do dia desta terça-feira, em Regime de Urgência e, por isso, com realização de uma sessão extraordinária, os vereadores também aprovaram a criação da Comenda Assistente Social Isabel Cristina Ramos Impieri, dedicada a homenagear as profissionais da área e instituições que tenham serviços prestados na defesa da vida das crianças, adolescentes, jovens, pessoas idosas, gestantes e pessoas com deficiência. A comenda foi criada por iniciativa da vereadora Tereza Nelma.

Além desse Projeto de Resolução, os parlamentares aprovaram Projetos de Lei, Requerimentos e Indicações como da vereadora Fátima Santiago (PP) que sugere que sejam realizadas ações contínuas para promover uma melhor qualidade de vida da pessoa idosa. Já em conjunto, os vereadores Kelmann Vieira e José Márcio Filho tiveram requerimento aprovado para entrega da Comenda Desembargador Mário Guimarães, “in memoriam”, a Benedito Geraldo do Vale Bentes. Sílvio Camelo (PV) teve Projeto de Decreto Legislativo aprovado para concessão de Título de Cidadão Honorário a Adelmo Farias Barbosa.

Por sua vez, Simone Andrade (DEM) também teve requerimento aprovado que pede a construção de uma Unidade Básica de Saúde no Residencial Parque dos Caetés. Já Eduardo Canuto (PSDB) vai homenagear, com Título de Cidadão Honorário, o senador pelo Rio de Janeiro, Romário (PSB).

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *