Renan Filho: Temer pode cair ‘a qualquer momento’

A constatação do governador não é uma novidade nem é ignorada pelas ruas, mas quando um chefe de Executivo reconhece que o cortejo temerário…

A constatação do governador não é uma novidade nem é ignorada pelas ruas, mas quando um chefe de Executivo reconhece que o cortejo temerário se aproxima do fim, a declaração ganha peso ainda maior.

Porque além de filho de Renan Calheiros (conhece os bastidores de Brasília como poucos), o governador sabe que os cofres alagoanos podem sentir (ainda mais) a queda – se ela existir- do presidente da república, dois anos após a sórdida ópera do impeachment de Dilma Rousseff.

Existe a reeleição no meio do caminho; existe uma crise política aumentando o buraco da descrença do eleitor nas urnas; existem obras para serem mostradas no guia eleitoral; existem os cortes em programas sociais mais SUS mais universidades que chegarão na ponta do sistema: o cidadão mais pobre, o maior conhecedor do Estado perverso (e histórico) brasileiro.

Estafeta da morte social, Michel Temer promete aumentar os estragos antes de deslizar na sepultura política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *