PSDB não apresenta nome ao Governo para salvar ‘cota Vilela’ em Brasília

A estratégia faz parte do que já acontece, na prática, ao partido de Alagoas. Com o presidenciável Geraldo Alckmin tombando nas pesquisas com menos de dois dígitos, o PSDB segue sem candidato em Alagoas, conforme orientação do ex-presidente da legenda, Teotonio Vilela Filho, e mantida pelo atual presidente, Rui Palmeira

Nos próximos dias, o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), deve declarar seu voto a Renan Filho, na disputa pela reeleição.

A estratégia faz parte do que já acontece, na prática, ao partido de Alagoas. Com o presidenciável Geraldo Alckmin tombando nas pesquisas com menos de dois dígitos, o PSDB segue sem candidato em Alagoas, conforme orientação do ex-presidente da legenda, Teotonio Vilela Filho, e mantida pelo atual presidente, Rui Palmeira.

O prefeito de Maceió, aliás, descartou a apresentação da vereadora Tereza Nelma na disputa para não atrapalhar os planos do Palácio República dos Palmares. Ao mesmo tempo, ajuda a garantir a cota da família Vilela em Brasília, com a reeleição de Pedro Vilela.

Sem palanque para Alckmin em Alagoas- que nem sequer pisará aqui em busca de votos- mais o não-anúncio de um nome ao Governo- eis a ideia do PSDB- a reeleição de Pedro Vilela está garantida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *