Câmara quer moção de repúdio contra empresário

A Câmara Municipal de Maceió deve aprovar na sessão ordinária desta quarta-feira (30) Moção de Repúdio contra um empresário e membro do Conselho Municipal…

A Câmara Municipal de Maceió deve aprovar na sessão ordinária desta quarta-feira (30) Moção de Repúdio contra um empresário e membro do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito por declarações feitas contra o Legislativo da capital em redes sociais. A moção será apresentada pelo vereador José Márcio Filho (PSDB) e subscrita por Silvania Barbosa (PRB). O empresário é o mesmo que recentemente criticou, também pela internet, a Casa pela apresentação de um projeto de lei, de autoria de Silvania Barbosa, que obriga as empresas de ônibus a oferecerem o serviço Wi-Fi gratuito nos coletivos.

Na ocasião, ele chegou a dizer ironicamente que a preocupação da parlamentar com os usuários é tão grande que a vereadora poderia servir cafezinho a quem precisar usar o serviço de coletivos da capital.

“Vou apresentar moção de repúdio porque mais uma vez esse conselheiro volta a ofender esta Casa. Já o respondi nas redes sociais, onde ele foi novamente infeliz em suas palavras ao dizer que os vereadores sabem criar leis, cobrar dos outros, mas não têm condição de gerir a própria Câmara, em virtude de estarmos com o elevador quebrado e, como já foi dito pelo presidente, equipamento condenado para conserto. Também vale ressaltar que estamos de mudança para nova sede no Jaraguá e, por prudência, não vamos gastar dinheiro público tentando reparar o que não há conserto”, declarou José Márcio Filho da tribuna da Câmara.

“Gostaria de lhe pedir, senhor presidente Kelmann Vieira (PSDB), que vossa excelência pudesse abrir a sessão para que o conselheiro municipal de trânsito pudesse vir aqui, na sessão desta quarta-feira, para dizer o que pensa sobre esta Casa na nossa presença. Em geral, às quintas-feiras são reservadas para isso, porém, como vejo tanto ressentimento desse senhor com a Câmara, poderíamos antecipar a vinda dele para cá. Entretanto, ele não tem coragem de vir aqui. Esconde-se em redes sociais e, naturalmente, ainda não engoliu o fato de termos aprovado que este parlamento é quem vai discutir, como era no passado, sobre o aumento de tarifa de ônibus em Maceió. Por isso, ele anda por aí nos ofendendo. A Moção de Repúdio do vereador José Márcio será subscrita por mim e creio que também pelos demais vereadores”, disse Silvania Barbosa.

FOOD TRUCK – A vereadora também aproveitou a oportunidade para voltar a falar sobre leis que são aprovadas pelo parlamento, entram em vigor, mas que ainda necessitam de regulamentação por parte do Executivo. Ela citou a Lei dos “Food Trucks” em Maceió. De autoria do veredor Chico Filho (PP), a legislação é de 2017, mas ainda não há decreto do Executivo estabelecendo a sua regulamentação em vários pontos.

“Por exemplo, a lei diz que não pode haver food trucks a pelo menos a 100m de hospitais e escolas. Mas o que vemos, em frente a centros médicos são os food trucks por lá. Outro aspecto é que eles tiram os food trucks de outros locais como Amélia Rosa, mas não retiram os que ficam na orla e próximo ao Alagoinhas. Recentemente, fui alertada para não me meter nessa questão do Alagoinhas porque era ‘briga de cachorro grande’. Eu respondi que gosto desse tipo de briga e vou continuar fiscalizando e cobrando uma definição sobre o assunto. Há quase duas semanas, o coronel Ivon Berto (secretário municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social) me garantia que em 15 dias o problema do food truck seria resolvido. Faltam cinco dias para o prazo acabar e vou cobrar”, disse a vereadora.

ORDEM DO DIA – Além das discussões desta terça-feira, os vereadores também discutiram e aprovaram projetos de lei, requerimentos e indicações para melhorar a vida do maceioense. De autoria de Fátima Santiago (PP), PL que institui no calendário oficial de Maceió o Dia Rotariano a ser comemorado anualmente em 23 de fevereiro. Por meio de requerimento, o vereador Francisco Sales (PPL) pede ao Executivo a implantação de um semáforo no cruzamento da Avenida Maceió com a Rua Santa Luzia, no Tabuleiro. Em indicação, Silvânio Barbosa (MDB) requer instalação de duas placas de parada de táxi no Parque Rodolfo Lins.

Do PR, o vereador Lobão sugere o reestabelecimento e reconstrução do terminal de ônibus na Praça da Faculdade. Ainda por indicação, o vereador Luciano Marinho (Podemos) solicita ao Executivo que pavimente o pátio da Vila Olímpica, em frente à recepção e nas laterais, onde fica a área para estacionamento, no Cidade Universitária.

Simone Andrade (DEM) também teve indicação aprovada para pavimentação de locais como a quadra esportiva do Conjunto Graciliano Ramos, também no Cidade Universitária, assim como pavimentação, drenagem e saneamento de ruas no bairro de Ipioca, a exemplo da Santa Terezinha. Com Moção de Pesar, o vereador Samyr Malta (PSDC) registrou o falecimento de Laércio Brandão.

O presidente da Casa, Kelmann Vieira (PSDB), teve requerimento aprovado para entrega da Comenda Arthur Ramos ao médico neurologista Agenor Antônio da Silva.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *