PI: Soldado da PM reprovado em psicotécnico mata criança após confundir carro

Uma abordagem da Polícia Militar em Teresina terminou em tragédia: Emile Caetano da Costa, de nove anos, foi assassinada no carro da família, após…

Uma abordagem da Polícia Militar em Teresina terminou em tragédia: Emile Caetano da Costa, de nove anos, foi assassinada no carro da família, após os policiais confundirem o veículo com o de bandidos durante perseguição.

O soldado Aldo Barbosa Dornel e o cabo Francisco Venício Alves faziam as diligências. Pediram para o carro parar, mas não foram obedecidos. Houve perseguição. Dornel começou a atirar para o carro parar. Dois tiros mataram Emile; o pai dela, Evandro Costa, que dirigia o veículo, foi atingido na cabeça; a mãe dela, Daiane Caetano da Costa, 26, foi atingida no braço. No carro também estava uma bebê de oito meses que, por pouco, não foi atingida pelos disparos.

Os PMs foram presos. Segundo o UOL, ele foi reprovado no exame psicotécnico para ingresso na PM, mas conseguiu liminar da Justiça.

As informações são do UOL

Deixe uma resposta