Lampião envenenado? TV alagoana mostra os últimos dias do cangaceiro mais famoso da história

João Marcos Carvalho- jornalista Com lançamento previsto para meados de agosto próximo, o documentário “Os Últimos Dias do Rei do Cangaço”, produzido pela TV…

João Marcos Carvalho- jornalista

Com lançamento previsto para meados de agosto próximo, o documentário “Os Últimos Dias do Rei do Cangaço”, produzido pela TV Educativa de Alagoas, com direção do jornalista e historiador João Marcos Carvalho e imagens de André Feijó, promete acirrar ainda mais a discussão em torno das polêmicas que há oito décadas mantém acesa as controvérsias em torno da figura de Lampião e das circunstâncias que cercam sua morte na Grota do Angico, em Poço Redondo (SE), a 28/7/38, último covil do chefe cangaceiro e seu bando.

Durante seis meses, nossa equipe ouviu pesquisadores, escritores, historiadores, jornalistas, parentes de cangaceiros, de volantes, de coiteiros e de outros personagens sertanejos que interagiram com Lampião e seu bando nômade durante os vinte anos em que reinou absoluto combatendo, com sucesso, tropas volantes de sete dos nove estados nordestinos.

Neste contexto, procuramos jogar luzes sobre fatos ainda nebulosos daquela quinta-feira fatídica, quando o chefe cangaceiro foi abatido com mais dez membros do seu grupo.

As teses sobre o envenenamento do bando pouco antes do tiroteio; a suposta aliança de chefes de volantes com cangaceiros, e a hipotética ação do aspirante Ferreira de Melo como espião do governo para delatar autoridades públicas suspeitas de manter relações comerciais com os bandoleiros, são abordadas neste trabalho televisivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *