Quadrilha superfaturava até 40% dos valores em contratos no transporte escolar

Quadrilha que agia no Maranhão e no Piauí desviou ao menos R$ 119 milhões dos cofres públicos, estima a Polícia Federal, em contratos superfaturados…

Quadrilha que agia no Maranhão e no Piauí desviou ao menos R$ 119 milhões dos cofres públicos, estima a Polícia Federal, em contratos superfaturados para o transporte escolar.

Este superfaturamento chegava a 40%.

“De acordo com as investigações, o esquema envolvia a prática de fraudes a licitações realizadas em conluio por empresas e agentes públicos, seguida do desvio de recursos mediante a subcontratação irregular e o posterior superfaturamento dos valores cobrados junto aos entes públicos, numa média de 40% dos valores pagos às empresas contratadas”, explica a Controladoria Geral da União.

A operação cumpre 14 mandados de prisão e outros 40 de busca e apreensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *