Programa de grotas leva comitiva do Governo para a Colômbia; convite é da ONU

O governador Renan Filho e secretários de Estado participam, entre os dias 6 e 7 de dezembro, de uma visita técnica a Medellín, na…

O governador Renan Filho e secretários de Estado participam, entre os dias 6 e 7 de dezembro, de uma visita técnica a Medellín, na Colômbia. Eles vão conhecer as experiências exitosas do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), implementado pela Agência de Cooperação e Investimento de Medellín e da Área Metropolitana (ACI). Na ocasião, vão compartilhar os bons resultados obtidos pelo programa estadual Vida Nova nas Grotas, que será apresentado naquele país.

“A ONU convidou Alagoas para apresentar o nosso Programa Vida Nova nas Grotas e trocar experiências com Medellín, que tem uma situação geográfica parecida com Maceió, com muitas grotas e que, até um passado recente, tinha altos índices de violência. Então, vamos trocar experiências, apresentar o que fazemos aqui, observar os que eles fazem de bom lá, como forma de aperfeiçoar o nosso programa, que é um grande sucesso e já está em 31 comunidades. Nosso objetivo é chegar a todas as grotas de Maceió até o final do ano que vem”, declarou Renan Filho.

O secretário da Fazenda, George Santoro, que integra a comitiva alagoana a Medellín, disse que a ideia da visita técnica é aproveitar a expertise colombiana – sobretudo nas áreas de mobilidade urbana, educação, segurança pública e geração de emprego e renda – para aplicá-la de forma adaptada à realidade alagoana, por meio do Programa Vida Nova nas Grotas, implementado em Maceió através da Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand).

O Programa do Governo do Estado busca a melhoria das condições de vida em 76 grotas da capital alagoana, onde vivem cerca de 250 mil moradores, a partir de benfeitorias estruturais e estratégias de desenvolvimento econômico e social.

Até agora, nas 31 grotas beneficiadas, foram construídos 15 km de escadarias, 5,7 km de canaletas, 22,1 km de corrimãos, 2,2 km de muros de contenção, 351,97 metros de pontilhões, 16,5 km de passeios e 7,6 km de meio-fio.

Para Santoro, a visita técnica a Medellín fará com que o Programa Vida Nova nas Grotas ganhe mais consistência, fazendo-o avançar com mais celeridade na capital alagoana.

“Os programas implementados pelo ONU-Habitat em Medelín são referências mundiais, que transformaram aquela cidade. São projetos que têm diversas interfaces com atores locais, o poder público e com grande participação de toda a sociedade”, destacou o secretário da Fazenda.

Sobre o Vida Nova nas Grotas
O Programa Vida Nova nas Grotas expande as ações do Programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças e eleva os investimentos em mobilidade urbana, inclusão social e geração de emprego e renda em todas as 76 comunidades existentes em Maceió.

“Com a parceria da ONU, aumentamos o escopo do programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças e demos um caráter mais social, nos aproximando de quem mais precisa, fazendo as intervenções básicas nas comunidades. São obras muito importantes. O cidadão precisa ter acesso ao que a cidade lhe oferece: sair para trabalhar, voltar no final do dia para casa, levar seu filho à escola, ir ao médico. Tudo isso reunido cria um programa muito mais amplo que o é o Vida Nova nas Grotas em parceria com a ONU”, explicou o governador Renan Filho.

Participam ainda da visita a Medellín, o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; a secretária especial do Tesouro Estadual, Renata dos Santos, além de técnicos das duas pastas.

A comitiva alagoana será recepcionada pelo prefeito de Medellín, Frederico Gutiérrez Zuluaga, e pelo governador de Antioquia, Luis Emilio Pérez Gutiérrez. Na manhã desta quarta-feira (6), eles se reúnem no escritório da ACI, no Centro de Convenções Plaza Mayor Medellín.

A ACI é um dos principais atores do processo de internacionalização de Medellín e Antioquia. A Agência implementa diversas ações voltadas ao desenvolvimento do território, responsável pela execução do ONU-Habitat na Colômbia.

Experiências locais

O grupo vai conhecer o Sistema Integrado de Emergência e Segurança Metropolitana (SIES-M), estratégia de convergência interinstitucional entre os organismos de segurança e emergência do Estado. A iniciativa integra diferentes componentes, tais como segurança cidadã, mobilidade, prevenção e cuidados de desastres, saúde e emergências médicas.

No bairro Las Independencias da Comuna 13, a comitiva alagoana conhecerá as escadas rolantes elétricas. Estes foram os primeiros equipamentos públicos e gratuitos desta natureza instalados na Colômbia. As escadas rolantes substituem 350 lances de escadarias e beneficiam diretamente 12 mil cidadãos em Medellín.

Os equipamentos não apenas facilitam a mobilidade urbana – permitindo a acessibilidade em bairros com alta declividade – como também abrem espaços dentro dos territórios onde estão localizados para moradores de outras regiões e turistas. O projeto de construção das escadas rolantes elétricas contribuiu, ainda, para a expulsão de grupos criminosos dos territórios.

Dentre outras iniciativas exitosas, a comitiva alagoana conhecerá, também, o Teleférico, o Metrô de Medellín e as Unidades de Vida Articulada (UVAs), que proporcionam transformações urbanas nos bairros por meio de práticas esportivas, recreativas e culturais com a participação comunitária.

Fonte: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *