UFAL busca ajuda de Iphan para cuidar de museus

Na última semana, a reitora da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correia, se reuniu com Jorge Luiz Lopes, diretor do Museu de História Natural;…

Na última semana, a reitora da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correia, se reuniu com Jorge Luiz Lopes, diretor do Museu de História Natural; José Acioli, diretor do Museu Théo Brandão; Ricardo Cabús, coordenador de assuntos culturais; e Joelma Albuquerque, pró-reitora de Extensão.

Na ocasião, foi discutido o edital de voluntariado, a partir do qual a sociedade pode firmar contrato para ser voluntária nos museus, bem como questões relacionadas à segurança predial, reparos, brigada de incêndio e possibilidade de contratação de um bombeiro civil para os espaços.

A partir dos encaminhamentos dessa reunião, foi definida a redação dos ofícios nº 350/2018 e 351/2018, enviados para Kátia Bógea, presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e para Mario Aloísio Barreto, superintendente regional do órgão.

Os documentos, entregues na última segunda-feira (17), solicitavam apoio para a execução de projetos de preservação e digitalização dos acervos Arthur Ramos, do Museu Théo Brandão e do Reitor Antônio Calazans Simões, bem como para a restauração e conservação predial dos museus geridos pela Universidade.

Na oportunidade, a reitora reiterou a importância do Iphan para apoiar a manutenção desses espaços, a fim de evitar tragédias como a ocorrida no Museu Nacional (MN) e destacou a necessidade de engajamento da população na preservação do nosso patrimônio histórico e cultural. Desde o incêndio no Museu Nacional, no começo do mês, a Gestão tem discutido com a Superintendência de Infraestrutura e com as Pró-reitorias de Extensão e de Gestão Institucional medidas de preservação dos espaços geridos pela Universidade.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *